sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Samba na Quadra - Grupo Samborim

Hoje é sexta, sei que tá todo mundo esperando pelo sábado e olha quem confirmou presença lá no nosso ‪#‎SambanaQuadra‬!
Robson da banda Puro Love. Vai ser só love, love, love, love... Ai que gostoso amor...
Vem sambar com a gente!!!
SERVIÇO:
Local: Quadra do Apaxes - Dique do Tororó - sentido Lapa
Horário: As 17h
Acesso: R$ 15,00 (masculino) e R$ 10,00 (Feminino) 
Informações: 71 8784 4265

Samba Salvador


Está chegando o dia de sambar ao som de Zeca PagodinhoBanda Raça Negra e Mariene de Castro !! 
O espaço camarote Bloco Alerta Geral open bar promete reunir todos os Alerteiros! 

Os amantes do samba estão em contagem regressiva. No dia 22 de agosto, a partir das 21h, no Wet’n Wild, Paralela, acontecerá mais uma edição do "Samba Salvador".
O evento receberá três dos mais expressivos nomes do ritmo: Zeca Pagodinho, Raça Negra e Mariene de Castro.
Estes grandes nomes do samba nacional vão animar o público no festival que promete levar milhares de fãs do gênero para curtir músicas como "Deixa a Vida me Levar" e "Quando a Gira Girou", na voz de Zeca Pagodinho; "Prece de Pescador" e "Ilha de Maré" com Mariene de Castro. 
Vale ressaltar que Zeca volta à capital baiana para apresentar o show do seu novo trabalho, o CD/DVD "Ser Humano", lançado este ano. Com mais de três décadas de carreira, na apresentação do sambista carioca não vão faltar músicas do novo álbum, como “Amor Pela Metade”, “Ser Humano” e “Mangas e Panos”, além dos clássicos “Judia de Mim”, “Samba Pras Moças”, “O Dono da Dor", “Vai Vadiar", “Vou Botar Teu Nome na Macumba”, “Verdade”, “Deixa a Vida Me Levar". No palco, com Zeca Pagodinho, estará sua banda completa. Será um show inesquecível!

Serviço
Evento: Samba Salvador - 2015
Data: 22 de agosto
Local: Wet'n Wild - paralela
Horário: 21h
Atrações: Zeca Pagodinho, Raça Negra e Marienne de Castro
Classificação: 16 anos
Acesso: R$ 60,00 Pista
               R$100,00 Camarote
               R$190,00 Camarote Alerta Geral Open Bar
 (Preços para meia entrada)

Vendas: Todos os balcões dos Shoppings, e sede do Bloco Alerta Geral

3º Round - Circuito de Rima Improvisada



Salve Família!!
Agosto esta chegando ao fim, mas à tempo de dar gosto aos amantes da boa rima! 
Próximo sábado (22), às 19h na Praça Tereza Batista temos mais uma edição do 3º Round. E nesta edição com a presença panka dos beatmakers Victor Haggar e Diego 157 que irão soltar os beats para a batalha - quem esteve presente no lançamento da mostra Sotero HipHop sentiu o gostinho... pois vai vendo!
Não para por ai, também no comando dos toca discos, o onipresente, àquele que esta em todos os eventos, àquele que é a cultura Hip Hop ambulante: DJ Tau Brasil.
E balançando os graves, a banka, a casa toda DNX (OFFICIAL) e Fraternidade Maus Elementos. No comando da cerimônia MC Coscarque e no graffiti Zezé Olukemi!
E ai, agosto ta ou não ta pra todos os gostos?!
Chega junto família!

4° Sarau Mônica Anjos





Ha 20 anos Mônica Anjos significa, prêt-à-porter, feminino, customização, patchwork, rendas, estilo, sagrado, textura, movimento, leveza, amplo, sensual. 

Um mix de cores, tecidos e texturas que aliados a um designer sofisticado, suas coleções são sempre voltadas para atender as tendências do mercado de moda atemporal.
Especialista em alfaiataria feminina, veste a mulher atual que busca elegância, um bom caimento, modelagem e acabamento, para o trabalho, o dia-a-dia e as horas de lazer. 

A origem...
Podemos dizer que Mônica Anjos, agora se falando da estilista, nasceu em um lindo berço de patchwork. Cresceu no meio de tecidos, cores, linhas, fuxicos e fricotes, ambiente este proporcionado pela profissão de sua mãe costureira de tato fino, hoje, consultora responsável pela coordenação de suas produções. Foi um caminho natural para Mônica criar e fazer moda, para ela, elegância e atitude estarão sempre na pauta de suas criações.

Entre cortes e costuras Mônica Anjos tem linhas que cruzam, pintam e bodam com a arte e a cultura. Além de produzir peças para artistas como Vanessa da Mata, Margareth Menezes, Mariene de Castro, Beth Carvalho, Larissa Luz, Marcia Short, Lazzo Matumbi, Elen Oléria entre outras tem uma extensa lista de clientes, a estilista produz figurinos para peças culturais e exposições de arte, como Herança Africana que foi realizada no Museu Carlos Costa Pinto.
A idéia da marca é relacionar a moda com outras formas de expressão: música, fotografia, arte, consumo e cultura, afinal moda é um ato de comunicação.

Sua arte também já teve aparições em revistas como Marie Claire, Raça Brasil, Caras, Contigo, e Muito.

O evento reunirá Beleza, moda, gastronomia, música, espaço kids, e a novidade é o 1º Sarauzinho para as crianças.

SERVIÇO:
Evento: 4° Sarau Mônica Anjos - Um dia de Encontro
Local: Travessa Bartolomeu de Gusmão, 52 - Rio Vermelho - Salvador. - Bahia
Horário: das 10h as 18h
Acesso: Gratuito

Uma só paixão, quilombelos – Encontro de fãs, relembrando os blocos afros


Encontro de fãs, uma só paixão quilombelos  –Relembrando os blocos afros


Em mais uma edição os associados dos blocos afros irão fazer uma grande homenagem aos seus ex cantores  e admiradores no dia 05 de setembro no Espaço Casarão 26, no Pelourinho, que fica localizado atrás da escadaria do Paço. “Uma só paixão, quilombelos” é o nome da festa que vai reunir fãs e admiradores dos blocos afros e promete muita emoção, embalada por novas e antigas canções dos  blocos  que marcaram a história de Salvador. O encontro reunirá atuais e ex-vocalistas dos blocos afros, algumas Rainhas e Deusas do Ébano além de muito samba de roda. Começa às 15h.

Serviço:


Data: sábado, dia 05 de setembro, a partir das 15h.

Local: No Espaço Casarão 26, no Pelourinho, localizado atrás da escadaria do Paço
                                                              
Acesso: R$10 (antecipado com nome na lista: listavipfesta2015@gmail.com  )
               R$15 sem nome na lista.  
               R$20  no dia da festa.

Vendas: As vendas estão ocorrendo na loja Katuka Africanidades , que fica na Praça da Sé, nº 1 (em frente ao museu da Misericórdia)

Realização: Ox Produções e Eventos

Informações: 71 9306.2544




Feira de Oportunidades da Bahia 2015



Nos dias 25 e 26 de Agosto acontece a segunda edição da Feira de Oportunidades da Bahia. O evento acontece no campus da Unifacs do Iguatemi e oferecerá vagas de estágio e em programas trainee, capacitação para o mercado de trabalho, palestras e workshops. Além disso, será uma chance do profissional aumentar seu network e divulgar experiências ligadas a Startups, franquias e empreendedorismo.
Nomes como Pitti Canella, Bernardo Chezzi e Carla Maciel, conhecidos do cenário empreendedor, têm presença confirmada na Feira. Entre os parceiros, estão grandes empresas e instituições, como Brasken, Laboratório Sabin, Cia de Talentos, Cia de Estágios, SEBRAE, Continental Pneus, IEL/BA, Minds English School, ABRH-BA, CRA-BA, CREA-BA, Turismar e Kraft Heinz.
A Feira é promovida pela Federação das Empresas Juniores do Estado da Bahia (UNIJr-BA), em parceria com a Unifacs. O evento tem entrada franca e será realizado das 9h às 17h durante os dois dias. 
Inscrição : http://fob.unijrba.org.br/

Feijhoada da Negra Jô 2015



Negra Jhô reúne seus amigos para sua tradicional " Feijhoada " no próximo domingo (06/09) com muita alegria e muita música no Pelourinho. Entre as atrações confirmadas estão o Grupo Bambeia , Catadinho do Samba , Afro Jhô , Samba Mixx, Banda Didá , Afro Rave entre outros artistas convidados  .
Camisas R$60 (individual) R$ 100 (casadinha) 
 Informações :contato.feijhoada@gmail.com
Vendas iniciadas no dia 15/08 (domingo)

"Projeto Nossa Cor" reúne música e estética negra em Periperi


Festival Negra América com inscrições abertas



Estão abertas as inscrições para participar das oficinas do Festival Negra América, que ofertará atividades formativas nas linguagens de comunicação, audiovisual, performance, dança, teatro, música, poesia, entre outros. Até o dia 17 de agosto, as inscrições são voltadas para os jovens participantes dos projetos da CIPÓ Comunicação Interativa. De 18 a 24 de agosto, as vagas estão destinadas ao grande público.  De 26 a 29 de agosto, o evento ocorrerá em Salvador, ocupando espaços como o Parque São Bartolomeu (Av. Suburbana), o Centro Cultural de Plataforma e a Praça São Brás (Plataforma) e a Escola Oi Kabum! Arte e Tecnologia Salvador. A intenção do Negra América é promover a visibilidade do jovem de periferia como produtor de riqueza cultural para as cidades onde vivem, especialmente Salvador, cidade que sediará a primeira edição do evento. Informações  : 3103 – 1400

"Empreendedorismo Negro" é discutido no Salvador Shopping



A Prefeitura Municipal de Salvador , através da  Secretaria  Municipal da Reparação e o Comitê Gestor do Selo da Diversidade , realiza na próxima  terça (01/09)  o Seminário “Selo da Diversidade Étnico-Racial” das 09 às 17hs  no Teatro da  Livraria  Cultura  do Shopping  Salvador. O seminário  pretende  discutir  e criar a  promoção  da  Diversidade Étnico – Racial nas  empresas  parceiras  em Salvador além  de estimular adesões de novas empresas parceiras do empreendedorismo negro. 

Informações: selodadiversidade@gmail.com  (71) 3202-2604

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

João Sá Comemora 30 anos de Rádio



O Comunicador João Sá prepara um lindo evento para comemorar 30 anos de Rádio no dia 07/09, as 13h com participação de diversos amigos, parceiros, sambistas à preço popular.

Maria Bethânia pelo"Fim da Violência contra a Mulher"no TCA



Salvador recebe o encontro inédito entre Maria Bethânia e a Orquestra Afrosinfônica no dia 12 de dezembro, às 21h, na sala principal do Teatro Castro Alves. O show integra a terceira edição do "Música & Direitos Humanos", evento realizado pela Coordenadoria Ecumênica de Serviços (CESE), que tem como tema este ano "Pelo Fim da Violência Contra a Mulher".Informações sobre ingressos serão disponibilizadas no site a partir do dia 30 de outubro. Toda a renda da bilheteria do show será revertida para os projetos sociais apoiados pela CESE.

Mazai Camiseteria estampa a arte que vem das ruas em Salvador



Criada há apenas quatro meses, a Mazai Camiseteria traz para a capital baiana um pouco dos hábitos do seu povo quando o assunto é estilo, oralidade e respeito as tradições religiosas.Numa entrevista na Praça do Imbuí, o diretor de arte e ashogun de Oyá Mazai Mozart contou para o blog Notícias Central Black “ as dores e as delícias” de ser um negro empreendedor individual  aos 26 anos na terra dos encantos e axé.

Central Black (CB): Como nasceu a Mazai Camiseteria?!

Mazai Mozart (MM): A Mazai Camiseteria é uma empresa que nasceu há apenas quatro meses  e ela surge com um novo conceito de valorização da originalidade. A gente se utiliza dos arquétipos africanos e as gírias e jargões que as pessoas utilizam na sua fala diária nas comunidades . A linguagem da forma que ela é dentro da sua realidade. Desta forma, pretendemos valorizar a oratória dessa galera, pois termina sendo um forte símbolo de resistência de uma comunidade bem como trazemos também uma força também oriunda de nossos ancestrais africanos. Trazemos tudo isso conosco. Não temos motivos para “ guardar” a forma a qual falamos já que junto com ela trazemos uma riqueza tão imensa.

CB: Como a Mazai Camiseteria trabalha estes “ arquétipos africanos” ?

MM: Com relação aos tais “arquétipos africanos” , nós da equipe de produção da Mazai Camiseteria temos a intenção de falar “ de gente pra gente e dos olhos para os olhos” e não somente para a apropriação de cultura pois quando nós falamos de candomblé e nós falamos de periferia, eu sou de candomblé e sou também de periferia e falo com propriedade disso ,retratando elementos que representem os orixás . Elementos estes que rememorem , remetam , respeitem as noções que temos daquele orixá.

CB: Qual o conceito da Mazai Camiseteria?!

MM: Trazemos o conceito da simplicidade. Isso é tão forte dentro de nós da Mazai Camiseteria que a nossa identidade visual são caixotes de feira pois Mazai Camiseteria é isso. É ser simples . É ser natural. É trazer o que você tem de melhor . São coisas populares. É o samba, é o arrocha , é a cerveja no domingo , é você está numa feira comendo “mocófato”. Tudo isso nos remente a riqueza e a simplicidade da Mazai Camiseteria em Salvador.

CB: Como você enxerga o mercado de camiseteria em Salvador?!

MM: Eu vejo que agora estamos entrando neste mercado com mais força em Salvador  no intuito de estar descentralizando estas grandes empresas/industrias  de vestuário. A gente cria na verdade “essa coisa” de economia criativa com o intuito de está sobrevivendo. A intenção é de estimular as pessoas às outras formas de vestuário. É de não pagar R$80 ou R$90 numa camisa e começar a produzir coisas de tão qualidade quanto estas camisas de grife , cobrando preços acessíveis às pessoas que possam estar pagando . Pessoas de comunidade e que também tem bom gosto e prezam também por qualidade. Tem muito daquela “ coisa” da lógica de você empreender. De você se virar. De você sair da sua zona de conforto , daquela “ coisa estática” e você está começando a criar estratégias e possibilidades de movimentar o mercado de consumo sabendo que você , desta vez, é o protagonista da história – o empreendedor .

CB: Como a Mazai Camiseteria sobrevive?!

MM: A Mazai Camiseteria sobrevive da venda das camisas e , agora também , dos vestidos que são produzidos , além de alguns trabalhos que eu produzo como diretor de arte para conseguirmos “ receita financeira” além do apoio das pessoas que fazem essa “ proliferação” da marca comprando e divulgando. Desta forma , tudo acontece como um “ efeito dominó” , “ efeito cascata” . Nossa empresa tem dois colaboradores que é a Mara e Omin Olandê que estão comigo desde o início e são pessoas que eu me dedico a eles desde sempre. Estamos sempre juntos nos momentos ruins e nos momentos bons. Participamos juntos das feiras, exposições e eventos privados. Comemorando juntos as 100 primeiras camisas vendidas quando começamos e tudo mais. Enfim em tudo, tudo mesmo.

CB: Quem é Mazai?! Como você define esse empreendedor?!

MM: Mazai é simplesmente esse “ reles mortal” , eu costumo dizer assim, de 26 anos com MBA em  Marketing  pela Universidade Católica de Brasília , graduado em Marketing  pela Universidade Católica em Salvador  . Mazai mora no Pernambués e convive com as comunidades do Tancredo Neves, Estrada das Barreiras, Mata Escura, Castelo Branco, Pirajá entre muitas outras comunidades e termina entendendo um pouco dessa “ linguagem urbana” .E foi a partir daí ,dessa ânsia de transformar essa a “identidade visual”  em moda, que a Mazai Camiseteria tomou forma e ganhou as ruas. Para nossa participação nas feiras, exposições ou encomendas/compra de vestidos personalizados é só entrar em contato conosco : mazaicamiseteria@gmail.com (71) 9327-2300 (whatsapp)  


Final de Semana no Espaço Cultural da Barroquinha


Endereço: Praça Castro Alves , s/nº - Barroquinha. CEP: 40.020-160

Telefone: (71) 3202-7880 / 7881

22 DE AGOSTO (sábado)


CONECTIVOS MUSICAIS
EDBRASS BRASIL CANTA FAUSTO FAWCETT + KARINA BUHR CANTA SECOS & MOLHADOS
Show | Com Edbrass Brasil (BA), Fausto Fawcett (RJ) e Karina Buhr (PE).
Edbrass Brasil | Músicos experientes e com participação ativa na cena da música alternativa baiana juntam-se a duas artistas do corpo e promovem uma grande homenagem a um autor seminal, de um gênero que podemos chamar de universo cyber-punk no Brasil: Fausto Fawcett. O próprio Fawcett estará presente no show que revive o seu disco “Fausto Fawcett e os Robôs Efêmeros” (1987).
Karina Buhr | Canta o primeiro disco homônimo do grupo Secos & Molhados (1973), que marcou a história da música brasileira com a capa antropofágica – eleita por muitos como a melhor de todos os tempos – e sucessos atemporais. A cantora interpreta todas as 13 faixas do álbum e completa a apresentação com músicas próprias.

SERVIÇO:
Local: Espaço Cultural Barroquinha 
Horário: 21h
Investimento: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia) / Ingresso vale para show e lançamento dos livros.

CONECTIVOS CRÍTICOS
LANÇAMENTO DOS LIVROS DE KARINA BUHR E FAUSTO FAWCETT
Literatura | Com Karina Buhr (PE) e Fausto Fawcett (RJ).
Karina Buhr | Karina Buhr faz sessão de autógrafos de seu primeiro livro, “Desperdiçando Rima”, que mistura música, poesia, cartas, recados, bilhetes, crônicas e desenhos, num lançamento do Fábrica231, o selo de entretenimento da Editora Rocco. Não há um assunto específico que ligue os textos: amor, guerra, a rua, o tempo, olhares para dentro e para fora. É possível identificar sentimentos como alegria, saudade, raiva, amor e mágoa, bem como uma visão crítica em relação ao mundo em que vivemos. Entre um texto e outro, desenhos, nos quais a figura feminina se destaca.
Fausto Fawcett | A Encrenca – Literatura de Invenção reeditou dois livros (“Santa Clara Poltergeist” e “Básico Instinto”) e uma HQ do conto “Kátia Flávia” (esta em parceria com a Jurubeba Produções e a Saraguina Filmes) do jornalista e artista multimídia Fausto Fawcett, cujos originais datam do começo da década de 1990. “Santa Clara Poltergeist” e “Básico Instinto” compõem a primeira parte da obra literária do autor, que já lançou quatro livros em toda a carreira. Com um texto veloz, onde a prosa poética nos deixa sem ar a todo instante, e marcado pela sexualidade de suas louras ícones, Fausto realoca a sua linguagem musical para o papel impresso. Já o conto “Kátia Flávia” se apresenta em formato pocket book ilustrado. A ideia das produtoras cariocas é fazer um filme baseado no conto e já estão no desenvolvimento do roteiro. A HQ foi toda ilustrada pelo artista Iuri Casaes.

SERVIÇO:
Local: Espaço Cultural Barroquinha 
Horário: 21h
Investimento: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia) / Ingresso vale para show e lançamento dos livros.


19 A 23 DE AGOSTO (quarta a domingo)
PITÉU_COZINHAFETIVA
Gastronomia | De Kátia Najara (BA).
Primeira investida na arte gastronômica da história do IC, o Pitéu_Cozinhafetiva vai funcionar, além de refeitório dos artistas participantes, também como ambiente de convívio, aberto ao grande público, com cardápio feito especialmente para o evento e em meio a uma ambientação artística e sonora montada para este desafio.

SERVIÇO:
Local: Espaço Itaú de Cinema Glauber Rocha (1º andar)
Horário: 12h às 22h 
Investimento: Preços conforme cardápio.

Grupo Movimento no Ensaio do Bloco Alerta Geral




Sábado (22) tem Grupo Movimento fazendo #Barulho  na sede do Bloco Alerta Geral! #BlocoAlertaGeral #Carnaval2016 #GrupoMovimento #SambaVivo #SambadaBahia

SERVIÇO:

Local: sede Bloco Alerta Geral 
Horário: 17h
Acesso: R$ 10,00
Informações: 71 3329. 6949



Espetáculo “Lenda das Yabás” - Nova Temporada


 

                          Elenco do Espetáculo “Lenda das Yabás” temporada 2015.6


Através das lendas de sete Yabás: Yansã, Obá, Ewá, Oxum, Nanã, Otim e Yemanjá o espetáculo Lenda das Yabás trás a tona a ancestralidade da cultura Afro valorizando a oralidade das personagens trazendo os orixás em forma humana.   O Espetáculo Lenda das Yabás, que permaneceu em cartaz por dois ininterruptos anos, traz os Orixás em forma humana e sua dramaturgia valoriza a oralidade das personagens que instauram diálogos e ações entre si. O fenótipo também é algo que se destaca na encenação que tem texto e direção de Fábio S. Tavares (Escombros, Benedita, Fogueira) e apresenta a história da ancestralidade da cultura afro-brasileira utilizando-se das lendas de sete Yabás: Yansã, Obá, Ewá, Oxum, Nanã, Otim e Yemanjá descrevendo a fúria de um Deus (Olorum) que age de acordo com suas emoções. Ao longo das suas temporadas o espetáculo participou de importantes projetos como o Aldeia SESC, Pelourinho Cultural, Espicha Verão entre outros. 

Entrelaçando os contos dessas divindades, o elenco da CTTB estimula o público a conhecer uma história intensa oferecendo diálogos diretos criados com o intuito de humanizar as personagens centrais e visando captar a atenção absoluta do espectador quase transpondo-os para a encenação. O Texto, que tem uma construção narrativa, cenários e figurinos artesanais, conta a lenda das Yabás passando ainda por outros Orixás como Exu, Xangô, Ogum, Omolu e Oxalá, os quais  têm sub-contos dramatizados com a intenção de levar ao público um conhecimento sobre as lendas desses orixás sem desrespeitar o conceito de cada um deles.

A história contada pelos atores da Companhia de Teatro Terra Brasilis se localiza num passado e tempo indefinidos onde revoltado com a destruição e discórdias que os homens vêm causando a aiê (Terra) Olorum infertiliza as mulheres (as Yabás) e prende a chuva para que a terra fique seca causando a extinção da raça humana. Exu, que consegue chegar a Olorum tornando-se guardião do segredo que poderá salvar os homens e a Terra da destruição aproveitando-se da situação e ao longo de toda história causa diversas armadilhas buscando a vingança pelo mau que os homens lhe causaram exigindo festa e comida para revelar o segredo até que Oxalá vem ao reino de Xangô para selar a paz entre Olorum e os homens transformando-os em orixás e conscientizando os Seres que ali antes viviam sem valorizar o que lhes é dado de
forma generosa pelo Deus Maior frisando que todo ser vivo possui uma parcela divina sendo capaz de se conectar com Deus com base nas suas energias e ações emitidas.

SERVIÇO:

Local: Teatro XVIII (Ladeira de São Miguel, 18 - Pelourinho Salvador – BA).
Datas da Temporada: 05, 12, 19 e 26 de Setembro/2015 – Aos sábados
Horário: As 19h30
Acesso: R$ 30,00 (Inteira) e R$ 15,00 (Meia) 
Informações: 71 3328. 3628/ 3018.7122/ 3018.7122


quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Grupo Samborim - Edição Especial no Garcia



SERVIÇO:

Local: Espaço Nilton Cesar
Datas da Temporada: 21 de agosto ( Sexta-feira)
Horário: As 19h
Acesso: R$ 15,00 (masculino) e R$ 10,00 (Feminino) 
Informações: 71 8784 4265


SINBAIANIDADE traz Martinho da Vila a Salvador



Congresso Internacional de Língua e Literaturas Africanas e Afro-brasilidades  (CILLAA) e o  Simpósio Internacional de Baianidade (SINBAIANIDADE), de 09 a 11 de outubro na Universidade do Estado da Bahia ,contam com a presença de Martinho da Vila e Manuel Rui (autor da letras do hino nacional de Angola). que farão a conferência de abertura; Raimundo Sodré; Muniz Sodré (UFRJ); Jaime Sodré (UNEB) e Marco Aurélio Luz (UNEB). Com uma programação diversificada, os eventos contam ainda com shows de Mateus Aleluia, Dinho Oliveira e Banda Raciocínio Lento, além de mostra cinematográfica e apresentação de trabalhos.
Informações : 71 8884-6851 | gildeci.leite@gmail.com

Investimento : Entre R$10 e R$60

"Diversidade Religiosa" é tema de evento em Salvador


A CESE (Coordenadoria Ecumênica de Serviço) celebra no dia 12/09 a chegada da nova estação com a 15ª edição da Campanha Primavera para a Vida. O evento busca cultivar sementes de justiça, paz e solidariedade para que todos e todas tenham acesso aos seus direitos fundamentais. Neste ano, a campanha traz o slogan “Eu respeito a DIVERSIDADE RELIGIOSA e você?”. O dia começará às 10h com um painel, no qual representantes de diversas expressões de fé irão abordar o tema a partir de experiências de diálogo e respeito. Logo após, às 11h, acontecerá a mística de abertura.
Ao meio dia, a tradicional feijoada da primavera será servida (no valor de R$ 25), ao som de música ao vivo. O sorteio de produtos e brindes também consta da programação, que ainda contempla opções de recreação para a criançada.
A renda obtida com o almoço será revertida para apoiar projetos que promovam o ecumenismo e o diálogo interreligioso. Os convites para a Campanha estão disponíveis na CESE (Rua da Graça, 150). Mais informações podem ser esclarecidas em: (71) 2104-5457.

Palestra "Lá no meu Sertão" celebra fotógrafos em Salvador


Nesta quarta-feira (19), das 19h às 22h, em Salvador, será realizada a palestra "Lá no meu Sertão", com o fotógrafo João Machado, em comemoração ao dia Internacional da Fotografia. O evento será na Associação Bahiana de Medicina (ABM), no bairro de Ondina, na capital baiana.A palestra é uma realização do projeto Fotroca Bahia, que está na 13ª edição e já aconteceu em diversos espaços públicos da cidade, a exemplo do Projeto Boa Praça e A Flor da Pele. João Machado é conhecido pela fotografia que retrata a vivência do homem do campo, costumes, origem sertaneja e tradicionais romarias do nordeste, a exemplo de Bom Jesus da Lapa.


Serviço:
Palestra: Lá no meu sertão - João Machado
Data: 19.08.2015
Horário: 19h às 22h
Local: Associação Bahiana de Medicina(ABM)
Rua Baependi, 162 Ondina – Salvador Bahia

2ª Edição - Projeto Samba, Cerveja e Futebol




SERVIÇO:
Local: ALEGRIA ALEGRIA - Lingua de Prata Music Bar
Horário: A partir das 15h
Acesso: R$ 15,00 (Masculino) e R$ 10,00 (Feminino) 

Ori Turbantes participa da Feira da Cidade em Salvador



A Feira da Cidade acontecerá nos dias 22 e 23 de agosto na Praça da Cruz Caída (Pelourinho) e a 
Ori Turbantes aguarda você com turbantes de diversas estampas com preços que variam entre R$20 e R$60 . A ideia foi criada pela jornalista Cristiele  França, que confecciona e vende turbantes, além de realizar consultoria particular e oficinas.
 A Feira acontece das 11 às 20hs no sábado e das 09 às 18hs no domingo. 
Apareçam !!!

 Informações:oriturbantes@gmail.com

Dança, IC9 e shows marcam o mês de agosto no Teatro Gregório de Mattos


19 DE AGOSTO (quarta-feira)


BATUCADA
Espetáculo | De Marcelo Evelin/Demolition Incorporada (PI/Holanda).
Teatro Gregório de Mattos | 19h | R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia).
“Batucada” é a mais nova criação de Marcelo Evelin/Demolition Incorporada, concebido para o Kunsten Festival des Arts, um dos principais festivais de arte performática da Europa, realizado em Bruxelas (Bélgica), onde aconteceu sua estreia internacional em maio de 2014. “Batucada” se propõe como um acontecimento. O ritmo transita entre a festa e o protesto num ritual que expõe a relação conflitante entre uma coletividade quase tribal e as subjetividades dos indivíduos. O batucar em objetos cotidianos contagia, desmancha fronteiras entre espectador e artista, e provoca reflexões sobre a pulsão do homem na sociedade contemporânea. Mascarados, os corpos subversivos batucam panelas, frigideiras e latas numa espécie de desfile apoteótico e revolucionário.
Serviço:
Local: Teatro Gregório de Mattos
Horário: 21h

Investimento: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)

20 DE AGOSTO (quinta-feira)
LOOPING
Espetáculo | De Felipe Assis, Leonardo França e Rita Aquino (BA).
O trabalho estreia no IC9, sua primeiríssima apresentação. “Looping” constitui um estudo do tempo. O tempo é o da repetição, acumulação, fusão e supressão: ciclos que se encerram em si mesmos, sobre si mesmos. Movimentos de tensão e distensão da cultura, cuja paisagem predominante é das festas de largo de Salvador com suas contradições. A fricção dos elementos presentes nestes arranjos coletivos é realizada através de procedimentos que organizam sonoridades, corpos e espaços. Alterações sutis, simples e cadenciadas, gradientes de tonicidade e tensão que operam permanências e mudanças de densidade. “Looping” é o encontro entre pensamento sonoro e pensamento coreográfico: overdub Bahia.
Serviço:
Local: (Galeria da Cidade) Teatro Gregório de Mattos
Horário: 17h


Investimento: Gratuito

MONOTONIA DE APROXIMAÇÃO E FUGA PARA SETE CORPOS
Espetáculo | Do Grupo Cena 11 Cia. de Dança (SC).
Novo ponto de acesso à pesquisa continuada em dança do Grupo Cena 11. Um ponto de convergência das pesquisas anteriores sobre interdependência de opostos e convívio. Em semelhança, a forma de composição musical denominada Fuga, na insistência do tempo, entre permanência e mudança, a dança e o mover instauram um ritual em que para se afirmar o mesmo é preciso ser sempre outro. Som, luz e movimento são codependentes e autores de um ritual. Ritual performativo de construção de mundo. “Monotonia de Aproximação e Fuga para Sete Corpos” propõe que existir pode ser dançar. E essa dança é uma emergência, o que surge das relações no tempo com o poder de nos revelar novos caminhos e mundos possíveis.
Serviço:
Local: Teatro Gregório de Mattos
Horário: 19h
Investimento: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)


21 DE AGOSTO (sexta-feira)
LOS MICRÓFONOS
Espetáculo | De Jorge Dutor e Guillem Mont de Palol (Espanha).
“Xuxa, Xuxa, Xuxa! Whitney Houston vai até a Amy Winehouse e diz: Kurt Cobain!” Em “Los Micrófonos”, Jorge Dutor e Guillem Mont de Palol mergulham num universo que nos acompanha 24 horas por dia: o da cultura pop. É uma coreografia de nomes, títulos de canções e refrões na qual os artistas sugerem paisagens, memórias pessoais e associações curiosas, por onde o público viaja criando relações entre os diferentes elementos em cena. Como podemos nos tornar microfones e amplificar nosso discurso? Como podemos empoderar a cultura pop a fim de sugerir ritmos, sensações e afetos com potencial para abrir os olhos do espectador e os ouvidos do ouvinte? O que é ser pop, afinal?
Serviço:
Local: Teatro Gregório de Mattos
Horário: 19h
Investimento: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)


CONECTIVOS MUSICAIS
LIA LORDELO CANTA GAL COSTA + LEO FRESSATO CANTA CAZUZA
Show | Com Lia Lordelo (BA) e Leo Fressato (PR).
Lia Lordelo | Concebido pela performer Lia Lordelo, o estilista Alexandre Guimarães e o artista gráfico Vicente Queiroz, a releitura do álbum “Índia” (1973), de Gal Costa, reúne também os músicos Livia Nery e Maurício Pedrão. O show foi indicado a três categorias do Prêmio Caymmi de Música 2015.
Leo Fressato | Pela primeira vez em Salvador, apresentando um show inédito montado como um desafio proposto pelo IC9, o músico Leo Fressato usa seu timbre similar ao grande ídolo Cazuza para releitura de seu emblemático álbum “Ideologia” (1988). O repertório se completa com canções autorais, como o grande sucesso “Oração”, gravado pela Banda Mais Bonita da Cidade.
Serviço:
Local: Teatro Gregório de Mattos
Horário: 21h
Investimento: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)

22 DE AGOSTO (sábado)
DESASTRO
Espetáculo | De Neto Machado (BA/PR).
A trilha sonora é ponto de partida e questão fundamental desta peça: uma única música de David Bowie, “Space Oddity”, inspira o roteiro e dá o tom de todo o espetáculo, em variadas versões – de orquestra até um inédito tecnobrega. Com efeitos especiais de uma ficção científica protagonizada por super-amigos, cúmplices dos poderes de transgredir suas percepções, “Desastro” é um espetáculo de arte contemporânea para pré-adolescentes e adolescentes. É dança, mas não exatamente uma coreografia com passos no ritmo da música; é teatro, mas sem uma história com início, meio e fim; é um concerto de rock’n roll, mas sem banda nem cantor.
Serviço:
Local: Teatro Gregório de Mattos
Horário: 16h
Investimento: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)

ASCESA & CADUTA
Espetáculo | De Kinkaleri | Com Marco Mazzoni (Itália).
“Aufstieg und Fall der Stadt Mahagonny” (Ascensão e Queda da Cidade de Mahagonny) é a obra-prima que conecta o autor teatral Bertolt Brecht com o músico Kurt Weill, ambos alemães, no final dos anos 1920. Kinkaleri transforma isto numa ópera, mas se engana quem acha que vai encontrar uma peça clássica. Tomando vida pelas mãos de um único ator, num show de um homem só, o ‘elenco’ inclui o E.T., do filme de Steven Spielberg, e o Zé Colmeia, além de dezenas de bonecos que ficam espalhados numa mesa.
Serviço:
Local: Teatro Gregório de Mattos
Horário: 19h
Investimento: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)

23 DE AGOSTO (domingo)
E POR QUE JOHN CAGE?
Espetáculo | De Jorge Dutor e Guillem Mont de Palol (Espanha).
Jorge e Guillem se submergem num exercício de compartilhamento. Tomando a peça como a coisa em jogo, eles trabalham com os atores baianos Daniel Farias e Talis Castro, na primeira versão brasileira do espetáculo, montada para/pelo IC9. “E Por Que John Cage?” é uma peça conversacional acerca de que fazer. Nesta conversa, surgem aspectos como relação, política, controle, amor, inspiração e obsessão. Enquanto jogam com a linguagem e seus significados, desconstroem frases, orações e palavras, e as transformam em som, movimento e coreografia.
Serviço:
Local: Teatro Gregório de Mattos
Horário: 19h
Investimento: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)

INSTRUÇÕES DE ESCUTA E MAQUINÁRIO
Espetáculo | Pedro Filho Amorim (BA) e O Grivo (MG).
Em “Instruções de Escuta”, Pedro Filho Amorim apresenta um trabalho de criação particular de música interna, que se relaciona de forma individual com cada pessoa, de maneira que, embora haja um espetáculo de regência, não há público, já que a música é feita por todos, mas idealmente compartilhada por ninguém. Em “Maquinário”, O Grivo mostra sua busca por “novos” sons e por possibilidades diferentes de orquestração e montagem. Eles pesquisam fontes sonoras acústicas e eletrônicas, com a construção de máquinas e mecanismos sonoros, e com a utilização, não convencional, de instrumentos musicais tradicionais.
Serviço:
Local: Teatro Gregório de Mattos
Horário: 19h
Investimento: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)

19 A 23 DE AGOSTO (quarta a domingo)
PITÉU_COZINHAFETIVA
Gastronomia | De Kátia Najara (BA).
Primeira investida na arte gastronômica da história do IC, o Pitéu_Cozinhafetiva vai funcionar, além de refeitório dos artistas participantes, também como ambiente de convívio, aberto ao grande público, com cardápio feito especialmente para o evento e em meio a uma ambientação artística e sonora montada para este desafio.
Serviço:
Local: Espaço Itaú de Cinema Glauber Rocha (1º andar)
Horário: 12h às 22h 

Investimento: Preços conforme cardápio.